quarta-feira, 19 de dezembro de 2012

E pode?


 
Tempos atrás, eu encontrei um casal conhecido e seu bebezinho de 7 meses. A mãe estava tomando um sorvete e o rapazinho com a boquinha toda melecada. Exatamente!!!! Ele também estava se deliciando com o ice cream.  Era mês de agosto. Frio de doer em Vitória da Conquista (conhecida como a “Suíça Baiana”). Eu, que havia sido promovida à mãe fazia pouco mais de 1 mês, fiquei a questionar: “e pode? Será que daqui a 6 meses Antônia também já vai ter incluído essa guloseima em seu cardápio?”

A verdade é que o 6º mesversário da tchutchuca está se aproximando, e a mamãe nem sonha em dar sorvete. Não só pelos motivos óbvios. A mamãe aqui tá percebendo que a filhota está crescendo e, pouco a pouco, ficando mais independente. Tá chegando a hora de introduzir outros elementos na alimentação.  O leitinho materno já não será mais suficiente para satisfazer a necessidade nutricional  do meu bebê. Bate uma sensação nostálgica... rs.
Enfrentar o fato de que eu já não basto a minha filha está sendo uma experiência difícil pra mim. Já até comecei a imaginar o primeiro dia de aula dela, a faculdade em outra cidade, o casamento...socorro! O coração da mãe não aguenta. Calma! Não sou peru de natal. Não vou sofrer antecipadamente.
Vou é curtir cada chorinho, cada sorriso desdentado, cada fraldinha recheada, pois é inegável: já estou com saudade! Vou respirar fundo e comprar muitas frutinhas gostosas para hidratar o verão de Antônia e verdurinhas coloridas para nutrir seu belo par de coxas grossas.
 
Frutinha PODE.
Verdurinha PODE.
 Mas sorvete ainda NÃO PODE.

2 Comentários

Tatiane Rosa Domingues disse...

Acho que cada mãe faz o que pode, o que acha melhor, mas sem dúvida frutinha e verdurinha são bem mais adequados para os 6 meses de um bebê! Concordo com você.
Beijos grandes.

Monica Veridiane disse...

Isso, Tati!
Viva à democracia e à diversidade! rs.
Nosso horti fruti é maravilhoso, prefiro explorá-lo.

beijocas estreladas.

Postar um comentário

Seu comentário é muito importante. Volte para ver a resposta, ok? Obrigada.